ideias_inovadoras

Uma das tarefas mais importantes relacionadas ao desenvolvimento de ideias inovadoras é a montagem da equipe apropriada. Uma equipe focada na inovação tem requisitos muito diferentes de uma equipe com um foco operacional, diferentes fatores precisam ser considerados, diferentes qualidades e características são importantes. A primeira pergunta que você precisa responder é, qual é o propósito da sua equipe?

Você está reunindo um grupo por 1 ou 2 dias para fazer alguma geração de ideias ou resolução de problemas ou você está reunindo um grupo que quer iniciar uma ideia conceituando todo o caminho até a implementação? Embora não haja sobreposição considerável entre os critérios de seleção, também existem algumas diferenças importantes que devem ser levadas em conta.

Quantas pessoas devem estar na equipe?

O tamanho do grupo ideal para alguns dias de sessão é de 7 a 10 pessoas. Esse é o número ideal, porque, em nossa experiência, todos terão tempo para participar plenamente e permite um nível de diversidade no grupo para obter uma boa variedade de ideias. Se, por razões internas, o tamanho do grupo precisa ser maior, considere dividir em pequenos grupos de trabalho para ficar dentro do alcance do tamanho ideal. Você pode unir os grupos no final para compartilhar resultados e construir soluções.

Para uma equipe que vai ficar unida por um longo período de tempo, você pode formar uma equipe central de 7 a 10 pessoas também. Essas pessoas irão trabalhar em conjunto através de todo o processo e serão responsáveis por visualizar o projeto através de uma conclusão bem sucedida. Em diferentes pontos durante o projeto, você vai querer recorrer a outras pessoas como parte de uma equipe ampliada quando são necessárias diferentes habilidades e conhecimentos. Por exemplo, as habilidades necessárias durante a fase de geração da ideia e da invenção são diferentes do que aquelas que serão necessárias quando a implementação é realizada e protótipos são projetados. Apresentando pessoas para trabalhar com a equipe principal em vários pontos do processo não só permite que sua experiência seja introduzida no trabalho, mas os expõe à ideia em desenvolvimento e começa a construir a consciência e o apoio.

Que tipo de pessoas eu devo selecionar?

O ideal é que os membros da equipe sejam selecionados por apresentarem uma experiência-chave que irá beneficiar a equipe, criatividade, mente aberta, e boa comunicação. É também importante ter no grupo a pessoa ou pessoas responsáveis por dirigir o projeto. Você não quer ter o seu trabalho prejudicado em um ponto crucial porque o tomador de decisões não estava envolvido no processo. Todos entendem que você aumenta muito suas chances de pensamento inovador se você monta uma equipe diversificada. Existem os fatores de diversidade óbvias que devem ser levadas em consideração:

  • Gênero
  • Cultura
  • Conhecimento funcional
  • Educação
  • Experiência

 

Destaca-se também a necessidade de diversidade em torno do estilo do indivíduo para a inovação. São geralmente separados em três tipos – Inventor, desenvolvedor e implementador. Cada um destes tipos traz um conjunto distinto de forças para o processo de inovação e proporcionará um valor particular durante as diferentes fases do processo. No entanto, uma equipe fora de equilíbrio pode causar problemas para o sucesso final. Por exemplo, um tipo de situação que você quer evitar é onde você tem uma equipe com apenas Inventores. Devido à sua preferência de estilo, eles podem querer gerar ideias e buscar uma ideia perfeita. Eles podem levar muito tempo na criação de ideias e atrasar o projeto em desenvolvimento.

Finalmente, há duas considerações adicionais para a montagem de uma equipe de inovação. Você precisa de um ponto de vista ingênuo em sua equipe. As pessoas que não têm experiência de conteúdo específico na mesma área em que você vai estar trabalhando são capazes de abordar o problema de diferentes maneiras e são capazes de fazer conexões diferente dos especialistas no conteúdo. Isto pode muitas vezes ser a fonte de ideias inovadoras ou matéria-prima para novas ideias. Da mesma forma que uma perspectiva externa pode ser muito valiosa. Provavelmente não como um membro de sua equipe principal, mas incluindo um cliente ou um perito em seu campo em algumas das suas sessões de trabalho pode gerar novas vias de pensamento, novas perspectivas e, em última instância, novas ideias.

Fonte: Synectics World

Sem comentários

Deixe um comentário